Assim como em 2009, Internacional precisará secar o Flamengo para ser tetracampeão brasileiro

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fesportenewsmundo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F02%2F50966925611_e2bafd8773_k.jpg&q=25&w=1080

O Internacional enfrentou o Flamengo, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 37ª rodada do Brasileirão. O jogo era muito importante para ambos, podendo definir o Campeão Brasileiro 2020. Porém, o time de Abel Braga foi superado pelo de Rogério Ceni, por 2 a 1 – gols de Arrascaeta e Gabigol (F) e Edenilson (I) – e não conseguiu levantar o tetracampeonato com antecedência, e ainda perdeu a liderança faltando um jogo em disputa. Ou seja, novamente o troféu não dependerá apenas de forças próprias.

A derrota para o Flamengo tirou a liderança colorada. Agora dois pontos atrás do rubro-negro carioca, o Internacional precisará ganhar do Corinthians e ainda secar o Flamengo, contra o São Paulo. Todavia, torcer por uma derrota dos cariocas, para ser campeão nacional, não é uma novidade para o time gaúcho. Em 2009, o Inter precisou passar por uma situação parecida, mas que não acabou em taça.

Na temporada de 2009, Inter e Flamengo brigaram até a última rodada pela taça do Brasileirão. A diferença, entretanto, era que o Rubro-Negro já vinha com uma sequência na liderança, enquanto o colorado estava na perseguição, em segundo. Na penúltima rodada, por exemplo, ambos estavam com 2 pontos de diferença e conseguiram vencer seus respectivos confrontos, o Fla contra o Corinthians e o Inter contra o Sport.

Curiosamente, os dois pontos de vantagem novamente são favoráveis ao Flamengo, na última rodada do Brasileirão. Em 2009, todavia, o Rubro-Negro decidiu o campeonato em casa contra um desfalcado – e polêmico – time do Grêmio, vencendo por 2 a 1. Até hoje, os torcedores colorados acusam o Tricolor de terem entregado, por conta da rivalidade gaúcha. Já o Internacional, por sua vez, cumpriu o papel, goleando o Santo André por 4 a 1, mas o resultado se mostrou em vão, já que o troféu foi erguido no Rio de Janeiro.

Nesta temporada, entretanto, os jogos parecem mais parelhos, e passíveis de causar alterações na tabela. O São Paulo, querendo garantir vaga na fase de grupos da Libertadores, certamente dificultará a vida do Flamengo. Com isso, o colorado se permite sonhar que, com uma vitória sobre o Corinthians, aliado a um simples empate do Rubro-Negro contra o Tricolor Paulista, o tetracampeonato brasileiro venha depois de 41 anos.

A rodada decisiva do Brasileirão ocorrerá na quinta-feira (25). Tanto Inter quanto Flamengo jogarão no mesmo horário, às 21h30. Em Porto Alegre, o colorado receberá o Corinthians, enquanto, no Morumbi, o Rubro-Negro jogará diante do São Paulo. Resumidamente, para ser campeão, o Inter precisa vencer e torcer por um empate, ou derrota, da equipe carioca.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.