AS Monaco concede um empate cruel contra o Lens | OneFootball

AS Monaco concede um empate cruel contra o Lens

Logo: Site officiel AS Monaco

Site officiel AS Monaco

Ameaçado por uma equipe muito insinuante do Lens, mas ainda à frente do placar durante a última meia hora de jogo, o AS Monaco apenas empatou no norte da França (2-2) e terá que passar novamente pelos play-offs para tentar disputar a Liga dos Campeões na próxima temporada. Em busca do décimo triunfo consecutivo na liga – algo inédito desde a temporada do título de 2016-2017 –, Philippe Clement escalou o mesmo time titular que derrotou Rennes, Nice e Brest no sábado passado, por 4 a 2. Assim, Vanderson começou na ponta direita, à frente de Ruben Aguilar, que comemorou sua 100ª partida com a camisa Rouge et Blanc.

Um Alex Nübel enorme diante do ataque do Lens

O pontapé inicial desta grande partida foi dado diante de uma incrível atmosfera no Stade Bollaert-Delelis, com a presença de mil torcedores monegascos vindos de toda a França. Logo no início do duelo, ambas as defesas impediram que Wissam Ben Yedder (3′) e Seko Fofana (5′) inaugurassem o placar. Em seguida, foi Arnaud Kalimuendo quem levou perigo com um arremate de direita, que Alexander Nübel defendeu com o pé (7′).

O goleiro alemão, já decisivo contra o Brest, fez na sequência uma magnífica defesa para evitar o gol em chute colocado de Cheick Doucouré (9′), além de bloquear nova tentativa de Kalimuendo (12′). A defesa monegasca estava sob pressão nestes primeiros 15 minutos, mas a equipe reagiu com Aleksandr Golovin, que bateu cruzado para boa intervenção de Wuilker Farinez com a ponta dos dedos (17′).

Badiashile acorda os monegascos

Alex “The Wall” Nübel viria a fazer sua quarta defesa na partida, diante de Pereira Da Costa (19′). Depois, voltou a evitar o gol adversário em lance de Seko Fofana (21′). Os monegascos infelizmente seriam vazados em mais um ataque liderado por Jonathan Clauss, que cruzou rasteiro para Frankowski abrir o marcador (1-0, 30′). Caio Henrique tentou dar o troco imediatamente em cobrança de falta (34′), mas a bola ficou na barreira.

Instantes depois, Benoît Badiashile empatou o confronto após escanteio perfeitamente cobrado por Aleksandr Golovin (1-1, 35′)!

As duas equipes voltaram do intervalo sob muito barulho dos torcedores, e Jonathan Clauss logo levou perigo à meta monegasca (51′). Na sequência, as oportunidades vieram com Pereira Da Costa, que finalizou forte por cima do travessão (53′), e Florian Sotoca, que teve seu chute defendido por Alex Nübel (54′).

Capitão Wiss, sempre ele!

A resposta veio com Aleksandr Golovin, que esteve muito perto de superar o arqueiro do Lens (57′). Os Rouge et Blanc continuaram a pressionar e Caio Henrique acertou cruzamento na cabeça de Benoît Badiashile, que quase marcou (60′). O gol estava maduro! Do outro lado do campo, Alex Nübel esticou-se todo para agarrar a bola em finalização de Florian Sotoca (61′).

O goleiro alemão, em grande atuação, permitiu ao AS Monaco manter as esperanças no jogo. E valeu a pena, já que Wissam Ben Yedder, sempre ele, marcou o seu 25º gol na temporada, completando cruzamento de Kevin Volland (1-2, 62′)! Que dupla!!! A partida tomou então novos rumos e Alexander Nübel foi novamente decisivo em um potente arremate de Seko Fofana (70′).

Um empate muito cruel

A defesa alvirrubra manteve-se firme nos últimos 15 minutos de partida, mesmo sob grande pressão dos anfitriões. Infelizmente, o empate veio nos acréscimos, após cobrança de falta de Ganago (2-2, 96′). O clube do Principado terá, portanto, que passar pelas duas rodadas dos play-offs para poder disputar a Liga dos Campeões na próxima temporada. Obrigado aos nossos fiéis torcedores que nos apoiaram até o fim!


A ficha do jogo

Ligue 1 Uber Eats – 38ª Rodada

RC Lens 2-2 AS Monaco

Gols: Frankowski (30′) e Ganago (96′) para o Lens; Badiashile (35′) e Ben Yedder (62′) para o AS Monaco

Cartões amarelos: Danso (33′) e Gradit (84e) para o Lens; Volland (84′), Tchouameni (86′) e Caio Henrique (88′) para o AS Monaco

Lens: Farinez – Gradit, Danso, Medina – Clauss, Doucouré, Fofana ©, Frankowski (69′) – Sotoca (Saïd, 69′), Kalimuendo (Ganago, 80′), Pereira Da Costa (Jean, 81′)

Reservas: Pandor, Haïdara, Machado, Wooh, Berg, Cahuzac, Ganago, Jean, Saïd

Treinador: Franck Haise

AS Monaco: Nübel – Aguilar, Disasi, Badiashile, C.Henrique (Maripán, 88′) – Vanderson (Jakobs, 73′), Tchouameni, Fofana, Golovin (Boadu, 58′) – Volland, Ben Yedder © (Matazo, 87′)

Reservas: Majecki, Disasi, Jakobs, Maripán, Sidibé, Diop, Gelson Martins, Jean Lucas, Matazo, Boadu

Treinador: Philippe Clement

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo