Arthur faltou com respeito ao Barcelona e seus companheiros, diz Bartomeu

Logo: Stats Perform

Stats Perform

Imagem do artigo: Arthur faltou com respeito ao Barcelona e seus companheiros, diz Bartomeu

A polêmica saída de Arthur do Barcelona continua rendendo trocas de farpas. Desta vez, foi Josep Maria Bartomeu quem criticou o brasileiro e a atitude do jogador de não se reapresentar ao Barça antes da disputa da Liga dos Campeões.

Já negociado com a Juventus, Arthur não se juntou ao restante do elenco que disputará contra o Napoli, no próximo dia 8 de agosto, uma vaga nas quartas de final da competição europeia. O Barcelona deu um período de férias para os jogadores após o melancólico término da La Liga.

"O que Arthur fez foi uma falta de respeito com seus companheiros, pois a equipe tem a ambição de ir bem na Liga dos Campeões. E também com o clube", atacou Bartomeu em entrevista ao jornal espanhol Sport.

"Não há lógica que disputando um título tão importante, um jogador decida sair. É injustificável e totalmente incompreensível", completou.

Desde que foi negociado com a equipe bianconeri, Arthur não atuou um minuto sequer pelo Barça. Inclusive, foi visto bocejando no banco de reservas na derrota dos culés por 2 a 1 para o Osasuna em pleno Camp Nou.

Mesmo sem minutos nos últimos jogos do Barcelona, Bartomeu afirma que contava com Arthur para a sequência da temporada. "É um jogador que tinha uma certa importância para a equipe e que poderia nos ajudar".

"É um ato de indisciplina inaceitável. E é por isso que abrimos um processo contra ele, porque não há argumento que justifique sua ausência. Ele ligou e disse: "Não vou voltar, vou ficar no Brasil". É sua decisão. Ninguém lhe deu permissão", concluiu.

Com a apresentação no time de Turim marcada apenas para setembro, Arthur decidiu ficar em Goiânia, onde veio ficar em seu período de férias. A decisão pegou de surpresa o clube, que agora corre contra o tempo para ter reservas no duelo da Liga dos Campeões.