Arthur Elias rechaça favoritismo do Corinthians em final contra o Inter: “Essa palavra não existe para nós” | OneFootball

Icon: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

·24 de setembro de 2022

Arthur Elias rechaça favoritismo do Corinthians em final contra o Inter: “Essa palavra não existe para nós”

Imagem do artigo:Arthur Elias rechaça favoritismo do Corinthians em final contra o Inter: “Essa palavra não existe para nós”

Favoritismo é uma palavra que não existe dentro do Corinthians, pelo menos é o que garante o técnico Arthur Elias. Prestes a disputar mais uma final, o técnico da equipe feminina foi enfático ao dizer que a cultura dentro do clube é buscar evoluir sempre.

“No futebol existem coisas que são muito mais faladas mais fora do que efetivamente no dia a dia. A gente não usa essa palavra, a gente não se acha maior ou menor do que ninguém. Respeitamos sempre todos os nossos adversários, não só na final, independente da camisa ou da trajetória da equipe. A gente busca fazer o nosso melhor a cada jogo e a cada dia, e essa nossa cultura que a gente estabeleceu de buscar sempre evoluir no trabalho, as atletas são muito focadas nisso”, iniciou o treinador em coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira.

“Essa palavra não existe para nós, os resultados são reflexo do nosso ambiente, daquilo que a gente está fazendo e evoluindo. Isso fica mais para a imprensa. A gente fica feliz e confiante na nossa capacidade. Vamos com tudo amanhã (sábado) para buscar mais esse objetivo”.

A lateral Tamires, que esteve ao lado do treinador na coletiva, também rechaçou o uso da palavra entre as atletas.

“Posso dizer que isso não entra no vestiário. Não disputamos nossa primeira final, não fomos campeãs pela primeira vez no ano passado. A gente vem anos seguidos disputando finais, não só de Brasileiros, já tivemos neste ano a Supercopa. O que a gente coloca todos os dias para o nosso elenco é que o que vale é o agora, o que a gente está buscando (…)Talvez fora de campo haja esse favoritismo pela nossa trajetória, por tudo que vem conquistando, mas, dentro de campo, pensamos os 90 minutos e só no agora”, garantiu.

Corinthians e Internacional se encontram neste sábado, a partir das 14h (de Brasília), na Neo Química Arena, para a grande decisão do Campeonato Brasileiro feminino. Na ida, no Beira-Rio, mais de 36,6 mil pessoas assistiram ao empate por 1 a 1. Uma nova igualdade no placar levará a definição para os pênaltis.

Saiba mais sobre o veículo