Arnaldo Ribeiro: “Aquela parte da tabela entre os 10 primeiros, o São Paulo não ocupa” | OneFootball

Arnaldo Ribeiro: “Aquela parte da tabela entre os 10 primeiros, o São Paulo não ocupa”

Logo: Arquibancada Tricolor

Arquibancada Tricolor

O São Paulo caminha para fechar um Campeonato Brasileiro abaixo do que a torcida, diretoria e imprensa esperavam. A equipe saiu de um título Paulista e parecia evoluir semana a semana com Hernán Crespo, porém, foi apenas o Campeonato Brasileiro começar, que o time perdeu rendimento.

O Tricolor foi presa fácil nos duelos de quartas de final das duas Copas (do Brasil e Libertadores) e se despediu com derrotas pesadas das duas competições. Sem conseguir uma sequência de vitórias, a equipe chegou apenas no último sábado aos 45 pontos e ainda não está livre matematicamente do rebaixamento.

O Tricolor foi tema do programa Posse de Bola, do UOL nesta segunda-feira (29). O jornalista Arnaldo Ribeiro analisou o ano da equipe e da diretoria comandada por Julio Casares.

“O São Paulo vai ficando na primeira divisão em um Brasileirão que com Rogério, com Crespo, com problemas de diretoria, com má administração, não justificam, nada disso justifica a campanha desastrosa do São Paulo no campeonato, que teve um início muito ruim, depois uma pequena recuperação e depois disso muito pouco brilho para você pensar em alguma coisa a mais“, comentou Arnaldo.

O Brasileirão da equipe foi tão irregular, que o São Paulo não apareceu em nenhum momento na primeira página da classificação. O time oscilou entre a 11ª posição e em determinados momentos, frequentou a zona de rebaixamento.

Aquela parte da tabela entre os 10 primeiros, o São Paulo não ocupa. O cara que vê só o primeiro frame da televisão depois do jogo encerrado nunca viu o São Paulo entre os 10 primeiros. Acho que é muito pouco e acho que para o ano que vem o São Paulo tendo menos elenco, menos jogadores, precisa fazer uma campanha melhor, mais digna“, destacou Arnaldo.

O time viu mais uma vez a torcida abraçar o time para evitar o rebaixamento. As últimas partidas o Morumbi esteve cheio e não faltou apoio por parte das arquibancadas – mesmo no duelo contra o Flamengo, onde a equipe perdeu de 4×0, a torcida não deixou de apoiar.

De novo, não fosse o torcedor do São Paulo, que encheu o estádio em praticamente todos os jogos desde a volta do público, talvez essa permanência não acontecesse. Tem sido comum, e isso é péssimo para um clube grande como o São Paulo. Tem ficado muito mais nas mãos dos torcedores e de alguns garotos de Cotia do que dos medalhões, do que dos dirigentes, do que dos treinadores a permanência, a simples permanência na Série A do Campeonato Brasileiro“, finalizou Arnaldo.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC: InstagramYouTubeTwitterCanal no TelegramConheça a nossa Loja

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo