Árbitro escalado para apitar jogo contra Atlético-MG se envolveu em polêmica com Santos | OneFootball

Icon: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

·03 de outubro de 2022

Árbitro escalado para apitar jogo contra Atlético-MG se envolveu em polêmica com Santos

Imagem do artigo:Árbitro escalado para apitar jogo contra Atlético-MG se envolveu em polêmica com Santos

A CBF definiu nesta segunda-feira a arbitragem da partida entre Santos e Atlético-MG, marcada para quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ) é quem comanda o apito, auxiliado por Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Michael Correia (RJ). O VAR terá Wagner Reway (PB).

O árbitro carioca dirigiu apenas um compromisso do Peixe nesta temporada, contra o Coritiba, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil. Neste duelo, porém, Bruno Arleu de Araújo se envolveu em uma polêmica.

Com o relógio marcando 28 minutos do primeiro tempo, quando o placar já marcava 1 a 0 para o Coxa, Madson foi derrubado por Alef Manga na área. O árbitro mandou o jogo seguir e levou Fabián Bustos, então técnico do Alvinegro Praiano, à loucura. O argentino acabou sendo expulso e disparou contra a autoridade. Vale lembrar que na terceira fase da Copa do Brasil não há VAR.

“Houve um pênalti claríssimo, um erro colossal do árbitro e do bandeira. Eu fui expulso por um erro dele. Nesta competição não há VAR, mas o pênalti é mais claro do que qualquer jogada. Não há dúvida. Ele não disputa a bola. Impossível não cobrá-lo. Vimos a 60 metros. Hoje não fez falta o VAR para ver o pênalti. O Brasil todo viu”, disse o comandante.

O lance também irritou o então diretor executivo de futebol do Santos, que pediu providências da CBF.

“Não queremos desviar o foco e muito menos arrumar desculpas. Somos profissionais comprometidos com o nosso trabalho. Mas até quando seremos prejudicados? Exigimos providências dos responsáveis pela arbitragem! Estamos todos indignados!”, escreveu na sua rede social.

Desde então, Bruno Arleu de Araújo não apitou mais partidas do Peixe. O reencontro será justamente nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Atlético-MG, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No momento, o Alvinegro Praiano está na 11ª colocação do torneio, com 37 pontos, seis a menos que o Galo, que aparece em sétimo.

Saiba mais sobre o veículo