Após vitória na Sul-Americana, Mano Menezes vê evolução na equipe do Internacional: ‘Nós começamos à crescer’ | OneFootball

Após vitória na Sul-Americana, Mano Menezes vê evolução na equipe do Internacional: ‘Nós começamos à crescer’

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

O Internacional venceu o Independiente Medellín (Colômbia) nesta terça-feira por 2 a 0, em partida válida pela 5ª rodada da Copa Sul-Americana de 2022. Com o resultado, o Inter encerrou a rodada como líder de seu grupo, empatado em número de pontos com o Guaireña (Paraguai), porém com um saldo de gols superior.

O treinador colorado Mano Menezes concedeu entrevista coletiva após a partida, onde falou sobre a evolução da equipe desde a sua chegada ao comando do Inter. O comandante destacou a importância de um coletivo forte para favorecer a qualidade individual dos jogadores.

— Acredito muito na qualidade dos grandes jogadores que nós temos. Prometi dar à eles um coletivo de equipe capaz de sustentá-los individualmente, para que tivessem destaque. Para nós, não é o mais importante, mas queremos que isso aconteça naturalmente à partir de um coletivo forte, de um time organizado — disse Mano na entrevista.

Falando sobre a combinação entre Carlos de Pena e Edenílson, o treinador comentou sobre a importância do equilíbrio que um jogador vem trazendo ao outro na parte tática: — Para que o Edenílson continue à fazer o que sempre fez, que é chegar muitas vezes à frente como chega, tem que haver um equilíbrio do outro lado do campo. E quem está chegando com força não pode ter a preocupação de logo voltar pra marcar, porque aí não se faz bem nem uma coisa nem outra. A sustentanção para o Edenilson fazer essa função passou à ser o (Carlos) de Pena do outro lado, que tem equilibrado bem. É um jogador que não tínhamos ideia que ele podia fazer essa função — destacou o técnico.

Para saber tudo sobre o Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Mano também reforçou a evolução da equipe, mas ainda vê muito trabalho para ser feito: — Nós começamos à crescer. Eu gosto desse equilíbrio pois ele dá confiança para todo mundo. Marcamos gols, não tomamos e vencemos a partida, esse é o ideal. Mantivemos um rendimento parecido hoje, trabalhamos dos dois lados do campo, muito equilibrado. (…) A equipe vai se equilibrando porque vamos evoluindo, mas temos um caminho longo pela frente.

O treinador também falou sobre Wanderson, um dos destaques recentes da equipe do Internacional, que tem agradado bastante a torcida com o futebol que vem jogando: — O Wanderson tem crescido à cada jogo. Essa é também uma etapa de conhecimento dos jogadores, de ver como evoluem com novas orientações, com posicionamentos diferentes. Mas o Wanderson é um jogador que tem um valor muito grande para o treinador e para as equipes, que é um jogador de beirada que entra na área — concluiu Mano.

O Internacional decide a classificação na competição continental na próxima terça-feira (24), quando recebe o já eliminado 9 de Octubre (Peru) no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), às 21h30. Para se classificar, o colorado precisa manter seu saldo de gols superior ao do Guairenã, ou seja, vencer o 9 de Octubre pela mesma diferença que a equipe paraguaia venha a ganhar do Independiente Medellín, tudo isso para manter-se 1 gol à frente no saldo.

Saiba mais sobre o veículo