Após saída do Flamengo, Cesar relembra bastidores no clube | OneFootball

Após saída do Flamengo, Cesar relembra bastidores no clube

Logo: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

Na última quinta-feira (20), o goleiro Cesar participou do BarbaCast e falou sobre diversos temas. O jogador, de 29 anos, deixou o Flamengo no último dia 13 e recebeu sondagens do Santa Clara, de Portugal, e Coritiba. Com contrato até abril, o goleiro rescindiu com o Rubro-Negro após um acordo entre as partes.

Durante a conversa, o goleiro disse não guardar mágoas do Flamengo e garante ser “extremamente grato” a tudo que viveu no clube. Embora discordasse de algumas decisões, Cesar fala que isso o fez “amadurecer em diversos aspectos”.

Assim como Cesar, Paulo Sousa também não conta com Gabriel Batista para 2022 e o jovem busca um clube para atuar. O goleiro veterano comentou sobre a relação com o português e falou sobre a decisão do treinador.

— Eu só tive oportunidade de conversar com Paulo Sousa, Paulo Grilo e a comissão no primeiro dia. Então, não tive oportunidade de trabalhar. Não me sinto de forma alguma injustiçado. Ele teve que tomar a decisão que não é fácil. O treinador passa por essas análises delicadas, pensando no melhor para a equipe.

Regras no dia a dia do Ninho do Urubu

Com treinos bem elogiados, Paulo Sousa resgatou o profissionalismo no Flamengo. Embora tenha convivido pouco com o novo comandante, Cesar revelou que o treinador “resgatou a cartilha de regras” no Ninho do Urubu.

No entanto, o primeiro a introduzir essa lista de ordens foi Jorge Jesus. Cesar admitiu que inicialmente a cartilha gerou estranheza entre os jogadores, mas depois todos entenderam a importância da cobrança. O goleiro ainda opinou que ” a organização faz muita diferença em um bom trabalho”.

— O Jorge Jesus fez uma cartilha. Uma situação era não poder ir à praia enquanto estiver na época de treinamento. Não podia viajar a tantos quilômetros em época de competição, porque se precisasse da gente, tinha que voltar. Cada minuto de atraso era R$100 de multa. No início assustava, mas fez o grupo condicionar. Depois, não tinha mais multa com ele, mas todo mundo seguia as regras sem ser exigido. Então, ele criou uma cultura.

Finais da Libertadores

Em 12 anos de Flamengo, Cesar disputou as últimas finais da Libertadores. Como bom rubro-negro, o goleiro não escondeu a emoção ao comentar sobre a campanha do título de 2019.

— Foi incrível. Acho que todo Rubro-Negro vai se lembrar disso eternamente. Vários jogos que antecederam à final foram emocionantes. A final, então foi um capítulo à parte.

No entanto, o goleiro também viu de perto o vice-campeonato de 2021. O jogador comentou sobre a falha individual de Andreas Pereira e todo o cuidado que o volante precisa ter para os próximos anos. Cesar ainda revelou que Diego e Arão foram dois jogadores que consolaram bastante o camisa 18.

— A maioria se coloca no lugar do Andreas Pereira. Embora seja uma falha que vai ficar marcada, todo mundo sente. Porque a gente queria ajudar o time a ser campeão do campeonato. Era o torneio que mais queríamos ganhar. Tinha a frustração do grupo e de uma imensa torcida. É pesado para ele, por mais que exista um apoio do grupo. Ter amigos ali do lado para confortar é indispensável.

Técnico do Flamengo na final, Renato Gaúcho deixou o Flamengo no fim de 2021, Mesmo assim, César opinou sobre o trabalho do treinador: “Talvez tenha faltado trabalho tático”. A declaração veio após responder sobre o porquê do técnico não ter dado certo no clube.

Rogério Ceni e Dome

Além de Renato Gaúcho, Cesar também falou sobre a passagem de Rogério Ceni ao Ninho do Urubu. Diferentemente do último treinador rubro-negro, o jogador rasgou elogios ao ex-goleiro e revelou até uma brincadeira entre os goleiros para começarem a bater faltas, assim como Ceni.

— Foi uma honra trabalhar com o Rogério Ceni. Ele é uma referência. Fez um excelente trabalho no Fortaleza antes de chegar, mas é extremamente inteligente. Tentou fazer de tudo para dar certo com título. Eu acredito que ele gostaria de ter feito um trabalho melhor. Às vezes, ele brincava conosco (goleiros) para batermos faltas. Eu gostava de bater faltar, mas nunca treinei especificamente para isso. Porque sempre tinha bons batedores.

Entretanto, quando questionado sobre o trabalho de Domènec Torrent, Cesar preferiu não comentar. O catalão inclusive está no Galatasaray e sofreu a segunda derrota em sua segunda partida pela equipe turca.

Partida mais emocionante de Cesar

Em 12 anos de Gávea, o goleiro guarda muitas lembranças em mais de uma década de Flamengo. Cesar, inclusive, era o jogador com mais títulos pelo Rubro-Negro no elenco.

Um grande momento da carreira de Cesar foi a partida de volta contra o Junior Barranquila, pelas semifinais da Sul-Americana de 2017. Na ocasião, o goleiro não atuava há dois anos e entrou em campo justamente na partida mais importante da temporada até então. O jogador não só deu conta do recado, como defendeu um pênalti na partida. No final, o Mais Querido se classificou após vencer por 2 a 0.

— Acho que o mais emocionante foi o do Junior Barranquila. Minha família estava toda reunida e filmaram tudo. Toda vez que vejo o vídeo, eu me arrepio todo. Foi emocionante ver a reação da minha família.

Cesar também lembra com carinho de outra partida. O goleiro ressalta que o duelo mudou o destino do Flamengo na Libertadores de 2019.

— Outro jogo incrível foi do Peñarol, pela Libertadores de 2019. A gente precisava segurar o resultado. Se perdemos o jogo, estávamos fora e a história seria outra. Foi uma partida de grande emoção.

José Mário Ferraz no Twitter e no Instagram.

Seja nosso apoiador e contribua para a melhoria do MRN.

  • Treino da tarde dá lugar a churrasco no Ninho do Urubu liderado por Paulo Sousa
  • Repórter anti-Flamengo perde o emprego por infração de regra da empresa
  • Após saída do Flamengo, Cesar relembra bastidores no clube
  • Reserva no Montpellier, Thuler pode retornar ao Flamengo em junho
  • Real pede que Vinicius Júnior seja desconvocado da Seleção
Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo