Após garantir acesso à elite, Cuiabá é derrotado pelo Sampaio Corrêa

Logo: OneFootball

OneFootball

Luiz Signor

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F01%2FCuiab%25C3%25A1-x-Juventude-1000x666.jpeg&q=25&w=1080

O Cuiabá entrou em campo contra o Sampaio Corrêa – em jogo da 37ª rodada da Série B – já garantido na elite do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história. E a derrota por 3 x 1 não diminuiu a festa que começou antes mesmo de a bola rolar.

O acesso inédito veio graças ao empate do CSA contra o Brasil de Pelotas na noite desta sexta (22) em 1 x 1, no Rei Pelé. Nem a presença da Rainha Marta ajudou o Azulão, que se queixou muito de um gol anulado nos minutos finais.

A igualdade deixou o time alagoano com 57 pontos e na quinta colocação. Não pode mais alcançar o D0urado, que tem 61.

O tropeço do CSA ainda foi muito celebrado pelo Juventude, que termina a 37ª rodada da Segundona fechando o G-4 com 58 pontos e dependendo somente de si para voltar à Série A.

Como foi o jogo?

Em campo, o time maranhense, que ficou sem chance de acesso, aproveitou melhor as chances criadas e abriu 2 x 0 com Jackson e Léo Costa – o segundo após a falha do goleiro João Carlos.

Elton, ex-Vasco, Corinthians e Flamengo, desperdiçou um pênalti, mas o Dourado conseguiu ao menos um gol. Felipe Ferreira descontou.

O Cuiabá pressionou em busca do empate, mas Mota salvou com pelo menos duas grandes defesas.

E Dione, aos 46 da etapa final, fez o terceiro do Sampaio, que foi letal desde o início.

Mato-Grosso na elite!

A última vez que o futebol mato-grossense teve representantes na elite foi em 1986, com Mixto e Operário de Várzea Grande – ambos não passaram da primeira fase. O Dom Bosco foi, no final da década de 70, o outro clube a disputar a Série A da competição.

O “CuiaBayern” liderou a Série B e foi, desde o início, um forte candidato ao acesso. Lidou com a saída do então técnico Marcelo Chamusca para o Fortaleza, passou por um momento turbulento com a chegada de Allan Aal, mas se reencontrou.

O acesso coroa o grande momento do clube, que é o atual tricampeão mato-grossense – os títulos de 2018 e 2019 vieram sem derrotas – e debutou na Série B no ano passado.

Fundado em 2001 pelo ex-atacante Gaúcho, de grande passagem pelo Flamengo, o Dourado soma nove títulos estaduais – é terceiro maior vencedor -, duas Copas Verde e o vice da Série C de 2018.


🔥 A última vaga em  disputa

O Sampaio Corrêa torcia por tropeços de Juventude e CSA, mas o time de Caxias do Sul venceu.

A Bolívia Querida foi aos 54 pontos ao derrotar o Cuiabá, assumindo a sexta colocação. Ainda pode terminar a Série B em quinto.

Quarto colocado com 58, o Juventude enfrentará o Guarani em Campinas dependendo apenas de si para voltar à Série A.

Já o CSA precisará derrotar o Náutico no Recife e ainda torcer por um tropeço do time gaúcho. Ambos os jogos serão na próxima sexta (29).


Foto: Reprodução/Site Oficial Cuiabá