Após forte reformulação, Cruzeiro estreia no Mineiro diante da URT para abrir temporada 2022 e mudar rumos do clube nos últimos anos | OneFootball

Após forte reformulação, Cruzeiro estreia no Mineiro diante da URT para abrir temporada 2022 e mudar rumos do clube nos últimos anos

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Sob nova gestão, o Cruzeiro passou por forte reformulação desde a sua permanência na Série B do Campeonato Brasileiro pelo segundo ano consecutivo. Não à toa, além de grandes nomes do clube terem deixado a Toca da Raposa, o técnico do clube já é outro e até mesmo o time celeste tem dono: Ronaldo Fenômeno – só falta a assinatura do contrato definitivo.

E o primeiro passo após essa grande reformulação será dado nesta quarta-feira (26), com a estreia do elenco cruzeirense no Campeonato Mineiro deste ano. O clube celeste enfrenta a URT na primeira partida do Estadual, na Arena Independência, em Belo Horizonte, às 17h.

Uma das promessas deste elenco, novo e reformulado, é dar rumos diferentes ao Cruzeiro em 2022, após dois anos sem grandes conquistas, dívidas exorbitantes e a permanência na Série B. Para isso, Ronaldo foi peça importante quitando a dívida do Transfer Ban, que impedia o clube de registrar atletas, de seu próprio bolso, já que ainda não tem valores investidos na Raposa.

Assim, alguns dos atletas celestes puderam ser registrados no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, nessa terça-feira (25), e estão aptos a estrearem pelo Cruzeiro. Apesar disso, na corrida contra o tempo para registrar os jogadores a tempo, alguns nomes ainda ficaram de fora, como o técnico Paulo Pezzolano e o goleiro Rafael Cabral.

SOBERANIA!

Levando o histórico para jogo, o Cruzeiro leva vantagem. Isso porque, ao longo da história, o time celeste e a URT se enfrentaram 29 vezes, com a Raposa saindo vitoriosa em 23 oportunidades. Nas demais seis partidas, cinco delas terminaram em empates. Assim sendo, os cruzeirenses perderam apenas uma vez para a equipe de Patos de Minas.

E faz tempo que essa derrota aconteceu. Foi lá em 1985, no estádio Mangueirão, durante um Amistoso. O placar final? 1 a 0 para o time da casa. Desde então, nada de derrota celeste – 24 jogos, com quatro empates e 20 vitórias celestes. Foram, ao todo, 64 gols marcados pelo Cruzeiro e nove sofridos.

Na Arena Independência, palco da partida desta quarta-feira, a soberania é ainda maior, já que nunca sequer houveram empates. Foram dois jogos, com duas vitórias cruzeirenses. O que será deste confronto de estreia do Campeonato Mineiro de 2022? Acompanhe todas as emoções da partida, em tempo real, no Esporte News Mundo, e fique por dentro.

Fique por dentro de tudo sobre o duelo desta quarta-feira em: Cruzeiro x URT: prováveis escalações, desfalques, onde assistir e palpites

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo