Após Covid, Sávio define quarentena no Guarani: ‘Dez dias passando mal’

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fesportenewsmundo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F01%2F50409909847_92f3a42aa8_c.jpg&q=25&w=1080

À disposição de Felipe Conceição na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, Bruno Sávio fez uso da entrevista coletiva para resumir o período de quarentena no Guarani.

Após testar positivo para Covid-19, o atacante entrou em isolamento social obrigatório de dez dias e desfalcou o Bugre nas ‘decisões’ contra América-MG e Ponte Preta, até entrar em campo diante do CRB, na última segunda-feira.

“A condição pesa um pouquinho, porque eu vinha há dez dias parado. Foram dez dias passando mal, mas dei o meu melhor. Procurei me doar ao máximo dentro de campo para poder ajudar os meus companheiros. A gente tinha em mente entrar no segundo tempo, mas, infelizmente, o Matheus (Souza) aí teve uma complicação em uma cotovelada recebida contra a Ponte Preta. Fico feliz por ter entrado em campo como titular e ter voltado a jogar”, declarou o camisa 22.

“Acabei tendo bastante sintomas assim e fiquei bem mal alguns dias. Graças a Deus, pude estar recuperando rápido e estar tendo condições de jogo para poder estar ajudando a minha equipe. Fico muito feliz por ter voltado a jogar e por ter contribuído dentro de campo, mas, infelizmente, triste com a derrota”, acrescentou.

DECISÃO

Confirmado entre os titulares para enfrentar o Cuiabá, nesta quinta-feira, a partir das 21h30, na Arena Pantanal, Sávio prevê dificuldade nos quatro últimos jogos do time campineiro na segunda divisão nacional.

“Olha, a gente sabe que são quatro jogos muito difíceis. A reta final de Série B é sempre mais difícil. Todas as equipes têm o seu objetivo, e os jogos se complicam bastante. Então sabemos que vai ser um difícil”, projetou o atleta.

“A gente vai entrar sempre respeitando os adversários, mas sempre buscando o nosso objetivo, que é estar ganhando, estar colando na parte de cima da tabela e brigando até o final”, completou.

TABELA

Com tropeço diante do CRB, o Guarani estaciona em 48 pontos, provisoriamente em sexto lugar na Série B do Campeonato Brasileiro e aguarda desfecho da 34ª rodada.