Aparecidense-GO empata com o Campinense-PB e conquista a Série D do Brasileirão | OneFootball

Aparecidense-GO empata com o Campinense-PB e conquista a Série D do Brasileirão

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

A Aparecidense-GO recebeu o Campinense-PB, na tarde deste sábado (13), às 16h (horário de Brasília), no estádio Aníbal Batista de Toledo, em partida válida pelo jogo de volta da final da Série D do Campeonato Brasileiro. Na partida de ida, no último sábado (6), o time goiano derrotou os paraibanos por 1 a 0.

O Cameleão precisava apenas de um empate para vencer a competição. No jogo de volta, as equipes empataram em 1 a 1. Dione marcou para a Raposa e Samuel para os goianos. Com o resultado, a Aparecidense se tornou o primeiro time do interior de Goiás a conquistar um título nacional. Os aparecidenses também se tornaram o primeiro time do Centro-Oeste a conquistar a quarta divisão do Brasileirão.

O Jogo

Choveu muito em Aparecida antes da decisão. O campo estava bastante molhado, porém, não atrapalhou o andamento da partida, pois a bola rolava com mais velocidade com o gramado nessas condições.

O primeiro tempo foi disputado, e com as equipes buscando o gol a todo momento. A Aparecidense chegava mais em contra-ataques. Já o time da Paraíba, em finalizações de fora da área, cruzamentos e triangulações. Na primeira etapa, o goleiro Pedro Henrique repetiu a bela atuação da partida de ida e o zagueiro Vanderlei fez pelo menos dois desarmes providências. Pelo lado da Campinense, o atacante Anselmo travou um grande duelo com o arqueiro da equipe goiana. O time paraibano foi muito superior nos primeiros 45 minutos e merecia melhor sorte.

+ Para saber tudo sobre o futebol nacional e internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook!

No segundo tempo, a Aparecidense equilibrou o jogo, mas foram os paraibanos que abriram o placar. Aos sete minutos, Fábio Lima cruzou e Dione cabeceou de dentro da pequena área e inaugurou o marcador. Aos 14, o meio-campista Robert cruzou para o meio da grande área e Negueba finalizou da marca do pênalti, mas o goleiro Mauro Iguatu fez grande defesa e evitou o empate dos goainos. Aos 32 minutos, não teve jeito, o camisa 10 (Robert) deu um belo passe para Samuel que tocou de cavadinha na saída de Iguatu e empatou o jogo. Até o final da partida, a Raposa buscou o gol que levaria o duelo para os pênaltis, porém, o Camaleão soube se defender e conquistou o título inédito.