Aparecidense, Campinense, Remo e Botafogo-PB estreiam com vitória na Série C | OneFootball

Aparecidense, Campinense, Remo e Botafogo-PB estreiam com vitória na Série C

Logo: CBF

CBF

Rolou a bola para a Série C 2022! Durante este sábado (9), dez equipes deram o pontapé inicial na competição, melhor para Aparecidense-GO, Campinense-PB, Remo-PA e Botafogo-PB, que saíram de campo com a vitória e com os primeiros três pontos na bagagem. No último duelo do dia, Volta Redonda-RJ e Figueirense-SC ficaram no empate em 1 a 1. Veja como foi:

Ypiranga-RS 0 x 2 Aparecidense-GONo jogo de abertura da Série C 2022, a Aparecidense venceu o Ypiranga fora de casa e conquistou os primeiros três pontos na competição. No Colosso da Lagoa, em Erechim (RS), a equipe mandante teve chances de abrir o placar na etapa inicial com Marcão e Hugo, mas nas duas tentativas o travessão impediu o gol. Do outro lado, o Camelão aproveitou o último lance antes do intervalo para largar na frente. Robert, aos 46, arriscou da entrada da área, a bola ainda desviou no meio do caminho e foi morrer no fundo das redes. No segundo tempo, o Ypiranga tentou incomodar no ataque, mas esbarrou na boa marcação adversária. E, na marca dos 31, Alex Henrique, em cobrança de pênalti, fez o segundo da Aparecidense e deu números finais ao duelo.

Atlético-CE 0 x 1 Campinense-PBO primeiro tempo no Domingão foi de poucas chances e muita marcação. Mesmo jogando longe dos seus domínios, foi o Campinense que chegou mais perto de abrir a contagem pelos pés de Olávio. No entanto, o 0 a 0 permaneceu no marcador até o intervalo. Depois das conversas nos vestiários, a Raposa aumentou a pressão no ataque. Emerson, Hugo Freitas, Cláudio, Olávio e Dione tiveram boas chances. Mas foi o goleiro Mauro Iguatu que em cobrança de pênalti que colocou os visitantes na frente, aos 34. Três minutos depois, o Rubro-Negro passou a jogar com um a menos após expulsão de Olávio, mas não teve problemas para segurar o resultado e garantir a primeira vitória na competição.

Remo-PA 2 x 1 Vitória-BA Remo venceu o Vitória em casa pela primeira rodada da Série C Créditos: Fernando Torres/AGIF No Baenão, as equipes começaram o jogo debaixo de muita chuva. Nesse cenário, o primeiro tempo foi de poucas chances claras de gol. Mas, logo aos dez minutos, Leonan acertou uma bomba da intermediária para colocar o time da casa na frente. O primeiro tempo terminou assim. Na volta do intervalo, a chuva deu uma trégua e o duelo ganhou em intensidade. Gedoz e Brenner levaram perigo para o Remo. Enquanto Luidy, Ewerton Páscoa e Eduardo responderam para o Rubro-Negro. Até que, já aos 41 minutos, Brenner de pênalti ampliou a vantagem azulina. Dois minutos depois, Alisson Santos descontou para o Vitória, mas a reação baiana parou por aí e o Remo garantiu os primeiros três pontos na competição.

Botafogo-PB 2 x 1 São José-RSAs equipes protagonizaram um primeiro tempo bastante equilibrado e que parecia se encaminhar para o intervalo com o placar zerado. Mas, já aos 38 minutos, Leilson cobrou escanteio na medida para Gustavo Coutinho colocar o Belo na frente. Só que a vantagem do time da casa durou menos de cinco minutos, isso porque, aos 42, Jadson aproveitou uma sobra na área e deixou Cristiano na boa para deixar tudo igual para o São José. No reinício da partida, o Botafogo pressionou querendo retomar a dianteira e conseguiu. Aos 17, Esquerdinha cobrou falta direto para o fundo das redes: 2 a 1. Embalado pelo gol e pela torcida, o Belo quase marcou o terceiro novamente com Gustavo Coutinho, que carimbou a trave. Tentando o empate, Zeca foi para cima, mas teve dificuldades para furar a boa marcação dos mandantes, que conseguiram segurar o resultado no Almeidão e sacramentaram o primeiro triunfo na Série C 2022.

Volta Redonda 1 x 1 FigueirenseMandante da partida, o Voltaço tentou se impor nos primeiros minutos de jogo e teve boa chance de largar na frente com Bruno Barra, que parou no goleiro Wilson. Do outro lado, o Figueirense equilibrou as ações e assustou com Luis Fernando e John Cley. Insistindo no ataque, o Figueira teve mais chance com John Cley, que dessa vez não bobeou e colocou os visitantes em vantagem no Raulino de Oliveira. No segundo tempo, o Alvinegro quase marcou mais um com Mário Henrique, mas Dida fez grande defesa para evitar o gol. Na sequência, o Volta Redonda foi para cima empate. E, aos 18 minutos, Rafhael Lucas aproveitou cruzamento de Bruno Barra para deixar tudo igual no marcador. O time da casa ainda teve chances de virar a partida com Bruno Barra, Thomas Kayck, Caio Vitor e Pedrinho, mas foi o 1 a 1 que prevaleceu no placar até o apito final. Com o resultado as equipes somaram o primeiro ponto na competição.

Saiba mais sobre o veículo