Anderson Ceará explica saída do Santos para o CRB: “Quero e preciso jogar mais”

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: Anderson Ceará explica saída do Santos para o CRB: “Quero e preciso jogar mais”

Querido por boa parte da torcida do Santos, Anderson Ceará pediu para ser emprestado ao CRB. O contrato termina em 30 de janeiro, fim da Série B do Campeonato Brasileiro.

Sem espaço no elenco profissional do Peixe sob o comando de Cuca, Ceará pediu a Orlando Rollo para sair. O presidente até ofereceu um aumento para convencê-lo a ficar, mas o meia esteve irredutível.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, o Menino da Vila explicou a decisão.

“Decidi procurar novos ares pois quero e preciso jogar mais. Estou com 21 anos e poucos minutos entre os profissionais. Chego ao CRB justamente com esse intuito de jogar, mostrar meu futebol e pegar rodagem. Será muito importante para sequência da minha carreira”, disse Ceará.

“Dedicação, entrega e vontade de trabalhar e aprender podem ter certeza que não faltaram no dia a dia. Não estou aqui julgando comissão técnica A ou B, mas, a partir do momento que não tive oportunidades, pensei e decidi buscar meu espaço em outro clube. Que eu possa usar esse tempo para ajudar o CRB na série B e evoluir técnica e taticamente. Só Jogando podemos desenvolver o nosso melhor”, completou.

A expectativa na direção do Santos é de um retorno em “novo patamar” em fevereiro. Anderson Ceará, porém, prefere pensar apenas no CRB.

“Saio exclusivamente para buscar meu espaço e jogar com frequência. Não tem mágoa ou tristeza com ninguém. Senti que era hora de jogar e ter minutos entre os profissionais e por isso conversei e pedi a liberação ao Santos. Tenho muito carinho e gratidão pelo clube. Isso sempre terei. Meu pensamento agora é ajudar o CRB e poder jogar”, afirmou.

“Acredito que na nossa carreira temos que pensar passo a passo. Lá atrás eu tomei a decisão de voltar por acreditar no projeto e por gostar da cidade e do clube. Não estou indo ao CRB pensando na volta. Seria até desrespeito com o clube que esperou tanto e lutou por mim. Vou com o intuito de ajudar e dar meu melhor. O que virá depois, pensaremos mais a frente”, emendou.

Antes de ir para Maceió, Ceará conversou com Rafael Longuine, destaque do CRB em 2019.

“Conversei com o Longuine, sim. Me passou excelentes referência do clube, torcida e da cidade. Estou muito ansioso para começar a minha caminhada com a camisa do clube e empolgado para jogar. Sou feliz dentro de campo. É lá que me sinto bem”, falou.

“Só tenho que agradecer a torcida do Santos. Acompanho as redes sociais e vi muitos torcedores querendo minha permanência. Grato por todo esse carinho. Isso mostra que o trabalho, na base, foi bem feito. Agradeço muito ao presidente pelo carinho e respeito durante toda a negociação”, concluiu.

Revelado nas categorias de base, Ceará tem 21 anos e atuou seis vezes em 202 pelo Santos: uma no Paulistão, uma no Brasileirão e quatro no Brasileiro de Aspirantes. O contrato termina em 31 de julho de 2023.

Anderson Ceará estreou pelo CRB no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Brasil de Pelotas na última terça-feira, pela 23ª rodada da Série B.