Ancelotti defende Benzema para a Bola de Ouro: “Ele é como vinho, melhora com a idade” | OneFootball

Ancelotti defende Benzema para a Bola de Ouro: “Ele é como vinho, melhora com a idade”

Logo: Trivela

Trivela

Desde a saída de Cristiano Ronaldo, Karim Benzema tornou-se o principal jogador do Real Madrid, quase um ataque de um homem só. Faz gols e prepara para os companheiros, segura a bola na frente e faz todo o setor ofensivo rodar. Seu técnico, Carlo Ancelotti, acredita que deveria ser o suficiente para ser considerado candidato à Bola de Ouro.

Como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi ficaram longe dos principais títulos da última temporada, a disputa pelos prêmios individuais desta temporada está bem aberta. Messi pelo menos levou a Copa América, sendo importante até a final. N’Golo Kanté e Jorginho, do campeão europeu Chelsea, são fortes candidatos – Jorginho até mais, pelo título da Euro 2020 da Itália. Atual detentor da honraria da Fifa, Lewandowski segue fazendo muitos gols.

Benzema fez 30 gols na última temporada e a terminou em alta. Foram 13 por La Liga desde fevereiro, em 15 rodadas. Também marcou no Chelsea e na Atalanta pelo mata-mata da Champions League. Começou essa nova campanha com tudo: oito gols e sete assistências em apenas seis partidas do Campeonato Espanhol. Ao contrário do prêmio da Fifa, a Bola de Ouro foi cancelada ano passado por causa da pandemia e considera o ano-calendário, e não a temporada anterior.

“Sim, eu acho que, pelo que ele está fazendo e pelo que fez na última temporada, tem que estar na lista de jogadores que podem ganhar a Bola de Ouro”, afirmou Ancelotti sobre o jogador de 33 anos, na entrevista coletiva antes de enfrentar o Villarreal. “Tendo dito isso, Karim tem tempo para ganhá-la. Eu não acho que esta será sua última temporada. Karim é como vinho. Ele melhora com a idade”.

Benzema marcou 30 vezes, ou quase, em todas as três temporadas completas desde a saída de Cristiano Ronaldo e foi o principal nome da conquista do Campeonato Espanhol, sob o comando de Zinedine Zidane, em 2019/20. Até retornou à seleção francesa, da qual havia sido afastado após o escândalo com Valbuena, embora não tenha brilhado na Eurocopa.

O Real Madrid está em uma sequência de cinco vitórias consecutivas por todas as competições e goleou o Mallorca na última quarta-feira por 6 a 1. Lidera o Campeonato Espanhol, com dois pontos de vantagem para o Atlético de Madrid. O Villarreal ainda não engrenou, mas conseguiu sua primeira vitória nesta semana, contra o Elche, após começar La Liga com quatro empates seguidos.

Saiba mais sobre o veículo