Alemães pelo Mundo #21 | OneFootball

Alemães pelo Mundo #21

Logo: Fussball Brasil

Fussball Brasil

Os destaques do fim de semana nas ligas nacionais mundo afora

Áustria

1 semana após vencer o Campeonato Austríaco, o jovem treinador Matthias Jaissle (34) voltou a levantar uma taça. Dessa vez, vitória por 3-0 contra o Ried, na final da taça nacional, com direito a duas assistências de Karim Adeyemi. Foi o 9° título do clube na Taça da Áustria, o quarto de maneira consecutiva.

Adeyemi, ao centro, celebra mais um título (Reprodução/@FCRBS_en)

Espanha

O Real Madrid também foi campeão no final de semana, ao golear o Espanyol por 4-0. Restando 4 rodadas e com uma vantagem de 15 pontos para o Barcelona, o título foi oficializado. Toni Kroos começou no banco, poupado para a Champions League, mas entrou no segundo tempo e participou da festa - esse foi o vigésimo sétimo título do meia alemão no futebol profissional.

Toni Kroos (esquerda) conquistou mais uma taça nacional (Reprodução/@ToniKroos)

França

O Monaco segue vivendo um bom momento: frente ao Angers, vitória por 2 a 0, com participação de Volland (assistência para o segundo gol) e mais um jogo sem sofrer gols de Nübel (11, de 35 partidas). O Monaco segue na quarta posição, mas essa sequência de 7 vitórias seguidas o colocou apenas 3 pontos atrás do vice-líder, o Marseille.

Holanda

PSV (2°) e Willem II (18°) se enfrentaram pela Eredivisie neste fim de semana. O lanterna da competição foi a campo com o goleiro Wellenreuther, o lateral Derrick Köhn e o ponta Mats Köhlert, enquanto o PSV tinha o também lateral Max como titular. Ao final, melhor para o PSV, que venceu por 4-2 com uma assistência de Max. Köhn e Köhlert tiveram muitas dificuldades para defender o setor direito de ataque do PSV e Wellenreuther falhou em um dos gols da partida.

Suíça

Após 4 anos de domínio do Young Boys, a Suíça tem um novo campeão: o FC Zürich. Comandando pelo treinador Andre Breitenreiter (ex-Schalke e Hannover), o Zürich sacramentou o título, com 4 rodadas de antecedência, ao vencer o Basel por 2-0. Foram 22 vitórias em 32 jogos, quebrando um jejum de treze anos e vencendo o décimo terceiro título nacional do clube. Além do treinador, os alemães Hornschuh, Gogia e Leitner fazem parte do elenco, embora não sejam titulares com regularidade.

Breitenreiter (camisa preta) foi às ruas com seus jogadores para celebrar o título (Reprodução/@fc_zuerich)

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo