Agora com Abel Ferreira, Palmeiras revê Atlético-MG após vitória no 1° turno

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fmercadodofutebol.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F02%2F50902976141_4c514196d2_b.jpg&q=25&w=1080

Nesta quinta-feira, o Palmeiras de Abel Ferreira enfrenta o Atlético-MG pela última rodada do Brasileirão. O rival de minas foi uma equipe marcante na retomada da equipe na temporada de 2020 e também no status da comissão técnica.

No 1° turno foi Andrey Lopes que comandou o time a vitória de 3 a 0 no Allianz Parque em cima do galo. Na época Abel Ferreira não era o técnico do Verdão mas já havia sido contratado, pouco depois de desembarcar em São Paulo, Abel Ferreira viu ao vivo pela primeira vez a equipe e teve contato com os jogadores.

Os palmeirenses venceram o time de Jorge Sampaoli com certa facilidade. Andrey Lopes herdou um time de Vanderlei Luxemburgo com um baixo nível técnico e que vinha de algumas atuações decepcionantes. O interino pareceu dar forma no time deixando os atletas confiantes para a próspera chegada de Abel.

A transição foi muito boa. O pensamento da diretoria não é mais apenas em manter Andrey Lopes como um membro fixo da comissão técnica. Mas ele pode virar um futuro candidato ao cargo de treinador efetivo do Verdão nos próximos anos. Atualmente, o trabalho de Abel Ferreira está consolidado por resultados e títulos imediatos em um período com pouco tempo para treinar.

Andrey Lopes é um profissional de muito potencial para o futuro. A boa relação com atletas e funcionários do departamento de futebol é mantida até hoje com os portugueses. Quando teve que assumir o time em 2020 ele foiderrotado pelo Fortaleza na primeira partida após a demissão de Vanderlei Luxemburgo e depois venceu Tigres (Argentina), Atlético-GO, Red Bull Bragantino e Atlético-MG.

Nesses jogos, o Verdão marcou 14 gols, e agradou aos torcedores, que criaram até o termo “Cebolismo”, em referência ao apelido de Cebola, para se referir ao trabalho do interino até a chegada de Abel Ferreira.

Foto de destaque: Cesar Greco