A busca pelo camisa 9 continua no Corinthians | OneFootball

A busca pelo camisa 9 continua no Corinthians

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

O Corinthians segue em busca de um camisa 9 para a temporada 2022, que se inicia, para o clube, já na próxima terça-feira, diante da Ferroviária, pelo Campeonato Paulista. O presidente Duilio Monteiro Alves descartou Diego Costa nesse momento, assim como Arthur Cabral, a não ser se fosse por empréstimo do Basel, da Suíça. A busca por um jogador para a posição, portanto, continua.

Segundo ele, não há pressa. O time de Sylvinho tem peças pesadas e importantes que chegaram há pouco tempo, casos de Paulinho e, anteriormente, Renato Augusto, Willian, Giuliano e Róger Guedes. Esses nomes, de alguma forma, podem atrair grandes centroavantes para esse projeto do Timão, que voltará a disputar uma Libertadores após três temporadas. Ainda vale lembrar que o Timão contratou Bruno Melo e Robson Bambu, além de estar prestes a anunciar o goleiro Ivan, da Ponte Preta.

Duilio, em entrevista na última sexta, garantiu duas coisas: que se arrisca na busca por grandes atletas e não faz loucuras financeiras. Por exemplo, além de ter ido atrás do renomado Diego Costa, também revelou ter tentado Edinson Cavani, uruguaio do Manchester United.

“Eu tenho que buscar o que tem de melhor no mundo. Posso não conseguir, mas vou tentar. Admiti que fui atrás do Cavani e virei chacota. Falei que fui atrás do Neymar e virei chacota. O Corinthians é muito maior do que esses caras. Minha obrigação é de ir atrás do que tem de melhor. Quem imaginava que o Willian estaria aqui?”, perguntou.

Um ponto que pode ajudar nessa contratação por um centroavante de peso são as parcerias. A Taunsa, por exemplo, ajudou na contratação de Paulinho. No entanto, a pedida de Diego Costa foi além do que o clube e seus parceiros poderiam arcar, como dito por Duilio. O presidente também afirmou: “Conversei com 30 centroavantes, não porque procuramos, mas porque nos procuram”.

Com isso, o torcedor pode ficar sossegado: um centroavante deve chegar para 2022. De peso ou não, em breve ou não, aí já é outra história.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo