7 curiosidades sobre o Maestro Douglas | OneFootball

7 curiosidades sobre o Maestro Douglas

Logo: Portal do Gremista

Portal do Gremista

Confira as 7 curiosidades sobre o Maestro Douglas

1. Realizou o sonho do pai no futebol profissional: Iniciou a sua carreira na equipe do Criciúma, de Santa Catarina. No entanto, antes de se fixar no time, Douglas foi diversas vezes reprovado em peneiras do clube, mas por incentivo de seu pai, seguiu tentando. Quando finalmente pode estrear pela equipe profissional, seu pai o assistiu e pouco tempo depois veio a falecer.

2. Falha na Seleção Brasileira em 2010: Em um amistoso entre Brasil e Argentina em 2010, Douglas entrou no decorrer da partida, mas em uma falha no meio-campo, perdeu a bola para Lionel Messi, o que acabou acarretando no gol dos hermanos. Entretanto, o que mais marcou neste episódio foi a fúria do técnico Mano Menezes à beira do campo, que desferiu gritos de descontentamento contra o meia.

3. Liberdade com Renato Portaluppi em 2010: Quando chegou ao Grêmio em sua primeira passagem, no ano de 2010, a equipe gaúcha era comandada pelo técnico Renato Portaluppi, que quando perguntado sobre o posicionamento de Douglas disse: “Craque, comigo, não marca: joga”

4. Aprendizado com Ronaldo Fenômeno no Corinthians: Em entrevista recente para um podcast, Douglas afirmou o quanto aprendeu com Ronaldo Fenômeno na época em que atuaram juntos pelo Corinthians. Segundo o meia, o eterno camisa 9 da Seleção Brasileira, mesmo acima do peso, era extraordinário como jogador e dava dicas de passe ao jogador, que nas partidas costumava servir o Fenômeno.

5. Fez parte do elenco campeão do mundo do Timão: Em 2012, Douglas retornou ao Corinthians e fez parte do célebre elenco que foi campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes daquele ano. A equipe comandada pelo técnico Tite bateu o Boca Juniors na Libertadores e o Chelsea no Mundial.

Douglas se tornou um dos maiores ídolos da história do Grêmio

6. Ajudou a tirar o Grêmio de uma seca de títulos: Retornou ao Grêmio em 2015 a pedido do técnico Felipão e teve início uma de suas melhores fases como atleta. No ano seguinte, sob o comando de Renato Portaluppi, Douglas e o grupo gremista foram pentacampeões da Copa do Brasil em cima do Atlético Mineiro, conquistando um título de expressão após 15 anos de jejum.

7. Adeus aos gramados em 2020: Após deixar o Grêmio, em 2018, teve passagem por dois outros clubes, Avaí e Brasiliense. Mas, devido a sua condição física prejudicada pelos anos de atuação, o meia Douglas, um dos últimos camisas 10 do país, se aposentou dos gramados. O jogador, de 38 anos, anunciou no dia 27 de outubro de 2020, pelo Instagram.

Enfim, gostou da notícia?

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo