5 jogadores que podem retornar ao Fluminense em breve | OneFootball

5 jogadores que podem retornar ao Fluminense em breve

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Conhecido por projetar vários jogadores ano após ano, o Fluminense tem diversos motivos para observar o desempenho de suas revelações. São vários nomes badalados que atuam tanto no Brasil como em solo europeu e com o planejamento ambicioso da gestão atual para a próxima temporada, o torcedor vale ficar atento aos que podem retornar às Laranjeiras em breve.

Atletas com pouco espaço em seus clubes e até em fim de contrato surgem como opções interessantes para o Fluminense, no qual planeja buscar alguns reforços no mercado para a próxima temporada. Desta forma, cinco nomes que todo torcedor deveria acompanhar para uma possível volta ao Tricolor.

Marcelo – Real Madrid

NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C

Alçado ao profissional no Tricolor em 2005, Marcelo rapidamente se destacou e chamou atenção do poderoso Real Madrid, que pagou 6,5 milhões de euros na época. Desde daí são mais de 15 anos dedicados ao clube, com diversos títulos conquistados. Contudo, apesar de ser um dos ídolos dos merengues nos últimos anos, o lateral está prestes a deixar o Santiago Bernabéu após mais de 10 anos e se torna uma oportunidade de mercado viável ao Fluminense a partir do meio do ano que vem.

Com contrato até junho de 2022, o lateral-esquerdo de 33 anos não está nos planos da diretoria merengue para os próximos anos, sobretudo depois de ficar longos períodos lesionado com problema na lombar. Por isso, assim como outros jogadores recentemente, Marcelo não descarta um retorno ao futebol brasileiro e tudo indica que será um alvo bastante especulado a partir de 1° de janeiro quando poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube.

Lanzini – West Ham

Com passagem curta e até pouco lembrado por muitos torcedores, Manuel Lanzini atuou pelo Fluminense apenas entre junho de 2011 e julho de 2012. Neste período, o meia, que estava emprestado pelo River Plate, fez 44 partidas e ainda jogou por mais duas temporadas com a camisa dos Millionarios. Logo se transferiu ao West Ham em 2015 e permanece até hoje no futebol inglês.

O meia conhecido por sua habilidade e agilidade está em sua sétima temporada no West Ham. Contudo, nos dois últimos anos em especial, Lanzini perdeu espaço no time titular e dos 12 jogos que fez até aqui nesta época, seis saiu do banco de reservas.

Aos 28 anos, o argentino tem contrato com os ingleses até junho de 2023 e já considera um retorno à América do Sul, assim como foi informado pela “TNT Sports Continental” no mês de julho deste ano. Assim, com a busca por um meia-atacante no mercado, o Fluminense poderia repatriar Lanzini em breve.

Wendel – Zenit

Foto: Buda Mendes/Getty Images

Wendel também fez grande parte de sua formação em Xerém e atuou em apenas uma temporada pelo Fluminens. Em 2017, o volante marcou sete gols em 56 partidas e sua boa atuação despertou interesse do Sporting, que desembolsaram 7 milhões de euros na época. Por lá, em três anos fez 79 partidas, mas acumulando diversos jogos na reserva e foi negociado ao Zenit, da Rússia, por 20 milhões de euros.

As 24 anos, Wendel tem ganho sequência nesta temporada pelo clube russo e fez 21 jogos no momento. Apesar das oportunidades que tem recebido, voltar ao Brasil e estar próximo até mesmo da seleção pode ser uma opção ao jogador, que sempre se declarou tricolor desde que subiu ao profissional.

Diego Souza – Grêmio

O mais experiente da lista, Diego Souza tem um currículo extenso de passagens por vários clubes no futebol brasileiro, mas foi no Flu que iniciou sua carreira. O atacante jogou grande parte nas categorias de base do Tricolor, até estrear no time de cima em 2003. Depois da primeira partida como profissional, vestiu várias camisas também de rivais do Rio de Janeiro do Fluminense.

Foram 13 equipes diferentes desde a saída do Fluminense, incluindo seu curto período em 2016 nas Laranjeiras. Apesar de ter se consolidado como um centroavante, nos últimos anos Diego vem sendo um dos principais goleadores do futebol brasileiro.

Nesta temporada pelo Grêmio, cujo tem contrato até dezembro de 2021, marcou 21 gols em 48 jogos. Aos 36 anos e prestes a deixar Porto Alegre, Diego se torna uma opção interessante ao Flu, uma vez que tem sido alvo de especulações sobre a procura de um centroavante.

Fabinho – Liverpool

Outro com passagem rápida pelas Laranjeiras foi Fabinho. Considerado hoje um dos melhores volantes do mundo, o brasileiro atuou entre 2011 e 2012 pelo time sub-20 do Tricolor, na época ainda como lateral-direito. Em seguida, foi negociado ao Rio Ave, de Portugal, e chegou até a ser emprestado ao Real Madrid em 2012.

Com rodagem no futebol europeu, Fabinho foi cedido ao Monaco, clube que o comprou por 6 milhões de euros, e deslanchou ao conquistar o Campeonato Francês e chegar nas semifinais da Liga dos Campeões na temporada 17/18 com um time marcante na história dos monegascos. O volante logo foi o centro das atenções e se transferiu ainda em 2018 ao Liverpool pela quantia de 45 milhões de euros.

Em três anos nos Reds conquistou a Premier League e a Liga dos Campeões, mas, apesar de estar no auge da carreira, aos 28 anos a tendência é que se pense em um retorno ao futebol brasileiro. Contudo, ainda mais recentemente Fabinho renovou seu contrato com o Liverpool até metade de 2025 e tudo indica que queira terminar seu longo vínculo junto aos ingleses antes de tomar uma decisão sobre uma eventual volta ao Fluminense.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo