0-5: O Madrid goleia em Kiev | OneFootball

0-5: O Madrid goleia em Kiev

Logo: Real Madrid Official

Real Madrid Official

O Real Madrid continua imparável fora na Champions League. A equipa de Ancelotti venceu o Shakhtar Donetsk no Olímpico de Kiev, o estádio onde ganhou a Décima Terceira, e empatou com o Sheriff no topo do Grupo D. O golo na própria baliza de Krystsov abriu o caminho à vitória num belo primeiro tempo dos madridistas, que em pouco mais de dez minutos decidiram o jogo após o intervalo, com dois golos de Vini Jr. Se a jogada colectiva do primeiro foi para recordar, a acção individual do brasileiro no segundo foi sublime. Aos 65', Rodrygo marcou o quarto, depois de uma assistência do próprio Vini Jr., e Benzema, eleito o MVP do encontro, completou a goleada nos descontos.

A primeira metade foi disputada a um ritmo muito elevado com quase nenhuma falta. A primeira oportunidade recaiu para a nossa equipa. O tiro de Benzema com o pé esquerdo da entrada da área não conseguiu encontrar o alvo aos três minutos. Na jogada seguinte, Kroos tentou com um remate de longe que obrigou o guarda-redes Trubin a brilhar. Com o passar dos minutos, o Real Madrid continuou a chegar à área do seu adversário. O primeiro golo foi marcado aos 37'. Um passe longo de Lucas Vázquez para Benzema e Krystsov, na sua tentativa de limpar, colocou a bola na sua própria baliza. O conjunto de Ancelotti poderia ter alargado a sua vantagem antes do intervalo, mas o guarda-redes salvou aos 42' com uma grande defesa o tiro de primeira de Benzema a partir da zona frontal.   O encontro mudou seis minutos após o recomeço. Benzema recuperou a bola no flanco, deu a Modrić e o resto da jogada foi uma delícia. O passe de primeira do croata para a desmarcação de Vinicius Jr. foi espectacular e a finalização subtil do brasileiro tornou-o ainda melhor. Tudo ficou decidido aos 57' e mais uma vez foi Vinicius Jr. o protagonista. Se o golo anterior foi magnificamente trabalhado, aquele que lhe proporcionou o bis foi sublime. O atacante recebeu descaído na esquina da área, passou por dois adversários com uma bicicleta, e quando parecia que estava prestes a disparar, fintou com o pé esquerdo e definiu com esse mesmo pé.

O recital de Vinicius Jr. não terminou aí. A assistência para o quarto golo, que foi de Rodrygo, teve a sua assinatura aos 65 minutos. Mendy, fazendo a sua estreia na temporada após uma lesão, deu lugar no minuto 69 a Marcelo, que esta noite chegou à sua 100ª presença na Liga dos Campeões. Um minuto mais tarde poderia ter chegado outro golo do Real Madrid. Rodrygo deixou para a desmarcação de Benzema, que não foi capaz de vencer Trubin um contra um. O francês fê-lo em tempo de compensação para garantir o seu décimo primeiro golo em tantos jogos esta época e tornar-se no quarto melhor marcador da história da nossa equipa com 290 golos.

Mencionados neste artigo